Governo da Paraba

 
Chuvas deixam comerciantes de milho otimistas com as vendas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Alex Márcio   
Ter, 23 de Maio de 2017 10:14
AddThis Social Bookmark Button

Vendedores de milho do Mercado Central, o principal mercado público de João Pessoa, afirmam que este será o ano da fartura do milho. Eles têm convicção que as vendas vão disparar porque o alimento não faltará em razão das chuvas que têm sido registradas em todo o Nordeste e também porque o produto é um alimento essencial na culinária da região.

Segundo o vendedor de milho João Salustiano, que comercializa o produto há mais de dez anos no Mercado Central, este ano não vai faltar milho na mesa de ninguém. O produto está chegando todos os dias do mercado do Ceará, Rio Grande do Norte e da Mata da Chica, no município de Conde, na Paraíba.

“O mais interessante é que este ano o milho está chegando com mais qualidade e a mão com 52 espigas está custando R$ 40, mas também tem vendedores por aqui que vendem o milho de ‘terceira’ por R$ 30 a mão”, disse João Salustiano.

Outro vendedor de milho do mercado, Antônio Pessoa, garantiu que o comércio de milho vai ficar em evidência até o período do São João. “A mão de milho de qualidade está sendo vendida por R$ 40. Teve um aumento de R$ 5 em relação ao preço do ano passado quando a mão custava R$ 35”, revelou.

Alguns comerciantes também vendem o milho já descascado para que o consumidor confira a qualidade do produto. Antônio Pessoa disse que a safra está tão boa por conta das chuvas, que diariamente são descarregados no Mercado Central cerca de cinco caminhões, uma média de 300 mil espigas por dia, e as vendas já estão boas. Para quem não quer comprar muitas espigas, os comerciantes também vendem seis por R$ 5, já descascadas.

 

Fonte: Jornal A União

Edição: 8de abril de 2017

Repórter: José Alves 

 
 


EMPASA - Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas

Av. Raniere Mazilli, s/n  –  Cristo Redentor – CEP: 58.071-000 - João Pessoa-PB.